Caderno de pesquisas anais

eISBN: 978-85-7993-771-2

Autor/Organizadores: José Antônio Vieira

OS EFEITOS DAS NOVAS TECNOLOGIAS NO AMBIENTE DA SALA DE AULA

Jaqueline da Silva Oliveira/Universidade do Estado de Mato Grosso

Osmar Quim/Universidade do Estado de Mato Grosso

Com a globalização e as mudanças decorrentes na sociedade as novas tecnologias tornaram-se essenciais no desenvolvimento do mundo moderno. É só olharmos ao nosso redor: a ciência; o mercado industrial; tecnológico; agrícola; grandes e pequenos empreendedores; o mundo gira em torno das novas tecnologias. Com o avanço tecnológico, não se pode negar, que elas têm contribuído cada vez mais para uma sociedade rica, sólida e de acesso a todos. Isso não é diferente no cenário educacional. Contudo, apesar de muitos avanços percebidos, ainda existem equívocos relacionados ao uso dessas novas metodologias na prática docente, em especial no discurso de profissionais da educação e de alguns pais que, por desconhecimento, não imaginam quais os reais benefícios que o uso dessas novas ferramentas pode oferecer ao cenário educacional brasileiro. Isso ocorre, dentre outras questões, porque existe certo receio sobre o uso dessas ferramentas e de como elas podem interferir ou agregar no crescimento intelectual e cognitivo do aluno. Partindo dessas reflexões, o objetivo deste trabalho é de, a partir de uma pesquisa realizada na disciplina Linguagem e Tecnologia, ministrada no VI semestre do Curso de Licenciatura em Letras, procurar mostrar o avanço no uso dessas ferramentas no cenário educacional contemporâneo e as dificuldades enfrentadas pelos educadores diante dessa novidade. Buscaremos apresentar, num breve levantamento bibliográfico, como essas ferramentas podem contribuir para o processo de aprendizagem e quais as ações necessárias para que a utilização das novas tecnologias seja uma ponte entre o professor e aluno, auxiliando na construção do conhecimento. Ao final, pretendemos ter contribuído com as discussões sobre o efeito que essas tecnologias podem ocasionar na construção do homem, como individual e social.

Deixe uma resposta