Inclusão: fácil acesso à difícil permanência

eISBN: 978-85-7993-832-0

ISBN: 978-85-7993-831-3

Autor/Organizadores: Ana Estela Brandão Duarte; Diogo Janes Munhoz; Wony Fruhauf
Ulsenheimer

PREFÁCIO

Ana Estela Brandão Duarte

Na atual modernidade, cada vez mais sentimos a necessidade de incentivar a discussão cientifica sobre a racionalidade e centralidade a Educação especialmente na Educação Inclusiva, bem como, de sua missão social, num processo reflexivo, comunitário e educacional.

Neste caminho educativo, democrático e sob uma ótica de uma educação Inclusiva, caminham autores diferenciados e diversos refletindo sobre seu papel e do “outro”, em uma coletividade aonde os saberes estão além dos muros das escolas .Entre o paradigma pedagógico do ensino e aprendizagem dentro de uma visão globalizada, ressalta em gestão diferenciada de mundo e de concepções, mais acerca da contemporaneidade Diante das dificuldades estruturais, procedimentais e atitudinais, decorrentes de políticas generalistas e sobretudo excludentes, o desafio da sobrevivência e da adaptabilidade da escola inclusiva passa pela relação escola-Família e sociedade, neste jogo educativo, reflete a construção de uma nova identidade acadêmica, social, tecnológica e profissional diante de uma política cultural diferenciada.

Não obstante, no decorrer da experiência do curso de Mestrado em Ciências da Educação da Universidade Columbia Paraguai, aonde sou professora, emergiu a multiplicidade de olhares, potencializados pela complexidade da realidade educacional Inclusiva brasileira, que resultaram em artigos científicos com o mesmo foco, tessiturado com temas diferenciados, numa convergência clara, na área de formação Docente, Tecnologia educacional e Gestão Pedagógica.

Desta variedade ressalta a centralidade do ato educativo, como uma afirmação e projeto, ora de produção cultural, social, acadêmica e educacional, dando ênfase a ideia que permeia a sociedade enxergar o outro em sua totalidade como pessoa. Neste poliedro da Educação construído de forma facetada e impositiva dentro da Educação brasileira. Historiamos de forma diferenciada um olhar para a Educação Inclusiva O leitor no decurso de sua leitura desta obra percorre um desalinhamento do objeto real, na subjetividade esfíngica da temática dos estudos realizados. A seleção advinda das inquietações pedagógicas dos autores e de suas experiências consolidadas, em projetos educacionais e intervenções formativas, inovadoras, estruturantes espelha uma investigação cientifica atual rigorosa e fundamentada com embasamento cientifico com seus teóricos e autores.

O temas atravessam comungam com a ideia de educação Inclusiva sob a ótica de uma linha humanista e sistêmica, configuradas nos seguintes temas, e capítulos: 1- A Formação do professor de mestrado para educação inclusiva: do discurso à pratica, 2- Formação docente: Perspectiva da Educação Inclusiva no ensino superior, 3-Observação das tarefas no ambiente escolar frente ao aluno com TEA(Síndrome de Asperger), 4- Caracterização do Atendimento Educacional Especializado para Altas habilidades/Superdotação: Um levantamento em Londrina-PR, 5- Avaliação de Alunos com Deficiência Intelectual nas Salas de aula do ensino Regular, 6- Deficiência Intelectual sob um novo olhar Dificuldades e Perspectivas, 7- Trabalho docente na sócio-educação como prática restaurativa: Um diálogo necessário, 8- O uso das Tecnologias na Educação Inclusiva: Um recurso Pedagógico no ensino de Libras, 9- Principais dificuldades encontradas nas Escolas sobre Educação Especial e Inclusiva, 10- Construção de Ferramenta Educacional no Âmbito Escolar, 11- Neurociência e a prática educativa de Jovens e Adultos na perspectiva da Inclusão.

A oportunidade única de ver agrupados em um só volume estes artigos científicos possibilita uma leitura de referência em relação a Inclusão de todos(as), agregadora desta investigação dessemelhantes, nas abordagens metodologias, porém equivalentes no predomínio do estudo de caso, na qualidade da escrita e na procura de respostas ,para as questões investigadas, que perduram pela pujança de estratégias de ensino e aprendizagens significativas e construção de competências ,habilidades e cidadania numa visão holística e Inclusiva.

Deixe uma resposta