Linguagem, língua e literatura: práticas e atividades

ISBN: 978-65-86101-83-6
eISBN: 978-65-86101-84-3

Autor/Organizadores: Margarete Bertolo Boccia

APRESENTAÇÃO

A proposta inicial do livro Linguagem, Língua e Literatura – Práticas e atividades foi selecionar atividades que pudessem ser trabalhadas com alunos/ crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I, oferecendo um repertório interessante para escolha na atuação dos futuros professores.

O projeto foi aos poucos se constituindo em articulação entre o oferecimento de propostas de atividades e as reflexões possíveis de serem suscitadas.

A literatura passou a ser um foco, assim como as linguagens presentes na área de Língua Portuguesa.

No primeiro capítulo teremos a descrição de como desenvolver um excelente projeto trabalhando com o filme Moana. Moana é a narrativa de uma jovem, filha querida do chefe de uma tribo Motonui da Polinésia, que decide navegar pelo oceano. O projeto sugerido proporciona o conhecimento de outras culturas, costumes. Existem elementos fantásticos, semi-deuses e muita aventura. É um projeto literário, que como a própria autora ressalta, não representa uma receita a ser seguida, mas a possibilidade de o professor colocar o aluno como protagonista, e ele como o mediador, estimulando a interdisciplinaridade e a participação dos educandos.

No segundo capítulo apresentam-se propostas de atividades lúdicas. A opção foi pela caixa temática e o jogo de palavras cruzadas, na proposta da caixa temática o professor pode construir histórias com os alunos partindo de desenhos – imagens, conhecidas e ao serem apresentadas aos alunos o enredo vai sendo construído. Há ainda a possibilidade de a proposta caminhar para situações de reconto de histórias, se o professor optar pelo reconto de histórias conhecidas, os alunos poderão contar essas histórias a partir de suas experiências, seus referenciais, imaginação e sentimentos.

As histórias ensinam para além do escrito, nesse sentido o terceiro capítulo propõe o trabalho com fábulas e a possibilidade de elaboração de novas fábulas para a discussão de temas reais e específicos existentes na sala de aula. A fábula tem como característica trazer uma lição, uma moral da história, um ensinamento ao final de cada uma delas.

Nesse caminho o trabalho com as lendas foi apresentado no quarto capítulo com a proposição da discussão da narrativa oral do conhecimento popular. Neste capítulo a proposta apresentada é de construção de uma atividade prática com o personagem e, a partir dele, amplia-se para o trabalho com a literatura de Monteiro Lobato.

No último capítulo há a descrição e reflexão sobre um projeto com a utilização e construção de um jornal desenvolvido com alunos do 4º ano do Ensino Fundamental I. A estrutura prática de como o projeto foi desenvolvido é um destaque, possibilitando assim, muitos conhecimentos aos alunos envolvidos.

Que não existem receitas prontas, todos sabemos.

Que os caminhos precisam ser trilhados considerando os conhecimentos dos componentes dos grupos com que se trabalha, também é de conhecimento, mas sabemos também que boas práticas, boas experiências, podem sim servir de referência e serem compartilhadas.

O que se espera da leitura, é que proporcione a aproximação com atividades reconhecidamente interessantes e que possibilitem a adaptação para outros contextos, realidades e grupos de alunos.

Margarete Bertolo Boccia

Deixe uma resposta