Práticas educativas em saúde no ensino de enfermagem

ISBN: 978-65-86101-65-2
eISBN: 978-65-86101-97-3

Autor/Organizadores: Fabiana Perez Rodrigues Bergamaschi; Rogério Dias Renovato

APRESENTAÇÃO

O livro Práticas Educativas em Saúde no Ensino da Enfermagem, aqui apresentado representa um importante momento para os atores envolvidos na construção do mesmo, que compreendem também o cenário do Programa de Pós-Graduação Ensino em Saúde, Mestrado Profissional – PPGES, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Dourados.

Criado a partir do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Saúde – GEPES, o PPGES iniciou com a primeira turma em 2014, após a aprovação da CAPES, com o objetivo de produzir conhecimento no Ensino em Saúde no campo de práticas educativas desenvolvidas em diferentes cenários e contextos da educação formal e não formal, considerando ainda a formação profissional para a área da saúde. Apresentando como áreas de concentração as dimensões da formação em saúde e as políticas públicas de educação e de saúde, sustenta-se com duas grandes linhas de pesquisa sendo: Formação em Saúde e Práticas Educativas em Saúde.

Pautados então, no arcabouço que sustenta a área de concentração e as linhas de pesquisa do programa, bem como no foco do mestrado profissional, que se refere à aplicação do conhecimento por meio do desenvolvimento de pesquisa aplicada e de produtos técnicos, que nesse caso estejam direcionados à processos educacionais implementados em condições reais de ensino, os professores do programa e mestrandos envolvidos vêm no decorrer desses anos realizando estudos com vistas nestes processos educacionais em condições reais de sala de aula e ou em espaços não formais de ensino.

Nessa premissa, esse livro apresenta alguns dos produtos técnicos educacionais desenvolvidos pelos mestrandos do PPGES, que foram frutos de diferentes práticas educativas em saúde em diversos cenários envolvendo acadêmicos, docentes e profissionais de enfermagem, que partiram da construção ou resultaram na construção de sequência didática e guia educativo, sobre os mais variados temas desenvolvidos no ensino da enfermagem.

Dessa forma, o primeiro capítulo intitulado “Sequência Didática Para o Ensino do Processo de Enfermagem em UTI Neonatal”, partiu da experiência do processo educativo desenvolvido com enfermeiros na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, de um Hospital Público de Ensino, sobre a implantação do Processo de Enfermagem neste cenário. A intencionalidade dessa sequência é a de subsidiar a construção ou estabelecimento de espaços educativos que permitam aos profissionais de enfermagem, que assistem o neonato, o entendimento do Processo de Enfermagem e sua implantação para uma assistência mais efetiva. Propõe assim, a sequência didática para o desenvolvimento de um curso de 200 horas, na modalidade semipresencial com o uso da ferramenta Moodle e o entrelaçamento de conceitos específicos de neonatologia e o Processo de Enfermagem.

O segundo capítulo apresenta uma sequência didática sobre o aleitamento materno, elaborada a partir de um estudo sobre a atuação docente em um curso técnico em enfermagem, que buscou compreender a prática destes, em um curso técnico e as percepções dos alunos sobre a aplicação de uma sequência didática na disciplina de saúde da mulher. Assim, a sequência didática em questão, elenca atividades planejadas e implementadas a partir de reflexões teóricas que poderão subsidiar futuros espaços educativos sobre o aleitamento materno na disciplina de saúde da mulher.

A sequência didática sobre segurança do paciente na administração de quimioterápicos endovenosos, apresentada no capítulo três, foi construída como estratégia de ensino para o desenvolvimento do estudo sobre a análise do ensino na segurança do paciente aplicada ao processo de administração de medicamentos quimioterápicos endovenosos para estudantes de enfermagem. Estruturada em 10 encontros presenciais, destaca a visita técnica e as rodas de conversas como estratégias relevantes para a discussão deste tema.

O estudo de práticas educativas em saúde sobre a administração de medicamentos potencialmente perigosos para profissionais de enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva – UTI corroborou para a elaboração da sequência didática sobre a administração de medicamentos perigosos apresentada no quarto capítulo. Entre as estratégias propostas nesta sequência destaca-se a discussão de estudos de casos que permitem a problematização da segurança do paciente frente aos medicamentos potencialmente perigosos.

Por fim, o quinto e último capítulo do livro apesar de não propor uma sequência didática, apresenta um guia prático como material educativo de apoio ao ensino da assistência de enfermagem aos pacientes com reações adversas imediatas por quimioterapia endovenosa, que poderá ser utilizado tanto em sala de aula nos cursos de graduação como em cenários de prática. Fruto de práticas educativas realizadas com profissionais da equipe de enfermagem em um centro de tratamento de câncer, com o objetivo de melhorar a compreensão e a autonomia desses profissionais na atuação com esses quimioterápicos e o cuidado frente às reações imediatas, apresenta a classificação dos quimioterápicos, as principais reações imediatas e as intervenções de enfermagem.

Diante do exposto, as sequências didáticas e o guia apresentados no decorrer deste livro refletem algumas das produções técnicas criadas a partir de processos educacionais que de maneira direta solidificam o escopo do Programa de Pós-Graduação Strictu sensu em Ensino em Saúde, Mestrado Profissional, apresenta um dos referenciais teóricos metodológicos que tem sido foco de estudo dos atores envolvidos nesse processo, Antoni Zabala, e permite, sobretudo, a aproximação das práticas educativas e o cuidar em saúde com ênfase no cuidado da enfermagem.

Fabiana Perez Rodrigues Bergamaschi
Rogério Dias Renovato

Deixe uma resposta